16 de jun de 2010

Serenidade e Polidez

     Alguém sabe por onde andam essas duas virtudes? Tão raras e esquecidas, porém essenciais para que o processo de convivência humana seja inteiro, sólido e harmonioso.
     Num surto de êxtase, movidos por emoções perturbadoras, muitos encontram dificuldade em acalmar suas incontinências verbais, exaltando-se e lançando toda sorte de provocações, essa é uma semente ancestral da ignorância e que denota claramente a ausência de uma mente ponderada. É certo que algumas vezes, movidos pelo nervosismo e por força de uma necessidade premente de desabafar, palavras são despejadas a esmo agindo como um bando de barulhentos pássaros, perturbando e deixando uma sujeira pútrida por onde passam.
     Deus concedeu ao ser humano, indistintamente, um intelecto prodigioso que nem sempre sabe ser polido e sábio quando lhe convém. Movido por uma ânsia avassaladora em querer tudo do seu jeito, mete os pés pelas mãos valendo-se de oportunismos cínicos, passando por cima do que for preciso. É preciso cuidar para não colocar em risco os que estão mais próximos e que acabam pagando, injustamente, por um amontoado de angústias contidas e decepções alheias.
     O processo de feitura de uma relação de cortesia e respeito não exige uma disciplina excruciante, basta colocar em prática algumas ações rotineiras, como jogar, todos os dias, uma pedra de serenidade no lago da vida, ao cair forma pequenos círculos quebra a frieza e sujidade deixando, dessa forma, a água límpida e transparente, mesmo que seja por alguns momentos.
     Eu já lancei minha pedrinha hoje e você?

3 comentários:

Drix disse...

Néia,
Concordo com você.As pessoas estão sempre prontas para revidar, por qualquer motivo.Se esquecem de usar 4 palavras fundamentais: por favor, obrigada(o) ,com licença e desculpe .
Precisamos ter um saco de paciência ,para enfrentar nosso dia a dia com serenidade.Fazer um esforço enorme para nos calarmos ,diante de pessoas agressivas e ignorantes.
Enfim, a família está destruída, os filhos não tem educação...
Flor, estou rezando pelo seu pai também!!!
Não é fácil lidar com doença em família, mas Deus dá força .Com certeza ,um dia essa tempestade irá passar.O importante agora ,é tratar seu pai com muito amor e fazer o melhor possível ,daquilo que está ao seu alcance.Eu faço isso aqui com o meu!!!
Força pra nós !!!!
bjinhos

HD disse...

Olá Tia Néia!!!!!
Ah! É sempre mto bom receber seu comentário em meu blog. Fico lisongeada.
O seu texto tb é mto proprício p/ o momento q estou vivendo, onde preciso mto da graça de Deus e da serenidade de Deus p/ suportar atitudes tão desumanas.
bjos
Su

Suzy Rhoden disse...

Oi Néia!

Quanta sabedoria! Minha visão vai exatamente pelo caminho apresentado por ti, em teu texto. Mas nunca tinha pensado na 'pedrinha de serenidade no lago da vida'! Adorei! E vu tratar de jogar a minha... excelente, extremamente útil a dica!

Beijos,

Suzy