8 de nov de 2010

É bom estar aqui

     Impossível ser feliz sem ter paixão por alguma coisa, algo que nos faça sentir bem, traga leveza e descontração. Alguns chamam isso de hobby, eu chamo de prazer, o meu nesse momento da vida é escrever, não que tenha feito isso somente recentemente, já vem de longe esse hábito, mas somente agora divulgado e escancarado assim desse jeito.
     Nem quero pensar no quanto me desnudo ou me coloco ao avesso por aqui, tantas impressões deixadas sobre coisas que me encantam ou desencantam, deixando em alguns textos as minhas e as suas sobrancelhas arqueadas de espanto. Alguns dizem que minhas tão simples linhas vem impregnadas de emoção, saiba que isso nunca foi por indução, as palavras brotam e dão sentido ao momento vivido, assim sem nenhuma intenção, inclusive a de rimar.
     As ruas surpreendentemente calmas por onde hoje caminhei, o olhar desconfiado do garoto travesso matando aula, a mulher soltando impropérios ao varrer o lixo na rua esparramado pelos cães, o sol insistindo em perpassar as árvores mostrando ser mais forte que as sombras, de tudo isso eu poderia falar e encontrar um sentido, é assim que me imbuo de inspiração, na observação.
     Sei que alguns preferem um texto meu mais bem humorado, outros buscam uma reflexão e ainda há quem goste de poesia em verso e rima, não tenho um estilo definido, dou asas à imaginação. Não sou de palavras contundentes e nem pretendo mudar o mundo com aquilo que escrevo, mesmo porque sou cheia de defeitos, não sirvo de exemplo. Apenas aproveito esse espaço para fazer com que minha vida não seja pautada de coisinhas empoeiradas, pelo contrário, quero estar a cada dia renovada.
     Quero continuar tricotando, entrelaçando  palavras, tentarei arrematar o trabalho de forma sutil e serena, dando-lhe boa forma e completude, quando isso não acontecer, como uma artesã dedicada, desmancharei tudo e recomeçarei. E caso você observar, nas entrelinhas eu também estarei com uma ou outra mensagem que talvez não lhe agrade. Com isso se eu conseguir apenas um silêncio me desculpe, vou continuar escrevendo o que penso.
     Ah...essa minha alma impetuosa!

40 comentários:

FLAVIA CRISTINA C. disse...

OLÁ QUERIDA, ADORO LER E VOCÊ ESCREVE MUITO BEM SIM. EU QUANDO ERA ADOLESCENTE COMECEI A ESCREVER POEMAS, MAS EU TINHA VERGONHA DE DEIXAR AS PESSOAS LER MEU CADERNO DE POESIA. ENTÃO FUI PARANDO E PREFERI A MATEMÁTICA ONDE NÃO TENHO QUE EXPOR O MEU MUNDO INTERNO. ACHO LINDO QUEM ESCREVE, ISSO É UMA ARTE. ÓTIMA SEMANA . BEIJOCAS...

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

que bonito seu post, bem poético. mas continue sim, tricotando, que venham os novos amigos.
mesmo que a idéia seja diferente do que pensamos ou acreditamos, vc diz tudo com tanta educação e suavidade que não ofende. Não tenha receio de expor o que pensa, assim você acrescenta mais um ponto de vista que talvez não tenha sido notado anteriormente.

um abraço!

Carla Farinazzi disse...

Ola Néia,

Que texto mais lindo. Muito bem tricotado por você. Sabe que eu também sempre gostei de escrever, mas sempre pra mim apenas. Tanto que tenho um baú enorme de "escritos antigos" guardados. De vez em quando remexo e encontro coisas muito legais, que trazem recordações...
Concordo com o Alexandre. Você traz seus textos sempre com educação e cuidado; então opiniões divergentes de pessoas inteligentes como você são sempre bem vindas.

Beijos

Carla

Camila Monteiro disse...

olá Néia, sabe que descobri a muito pouco tempo que meu Hobby é escrever? Eu ando me encontrando nessa coisa de colocar pra fora o que sinto, o que penso e achando uma parte de mim mais leve e delicada que eu nao conhecia!!!
Adoro te ler, sempre me faz refletir sobre algo!
Beijos

Lúcia Soares disse...

Neia, você é cuidadosa com as palavras e a mim não ofende de maneira alguma.
Muitas vezes remoemos os problemas, o que apenas os agravam.
O bom é viver cada dia com novos olhares, pois o paraíso pode estar aqui mesmo, conosco, em nós.
Beijos!

Denise Portes disse...

Néia querida,
Quando o mundo das palavras domina nossas vidas, eu também escrevo há muitos anos, já não podemos mais viver longe desse mundo.
É tão bacana quando a gente se expõe e percebe que nossos mundos tocam corações tão distantes, mas com sensibilidades parecidas.
Beijo
Denise

Maria Célia disse...

OI Néia
Texto muito bonito, você escreve muito bem. Agradar a todos é impossível, alguém pode não gostar, não concordar, mais isto não tem problema. Continue escrevendo bonito assim.
Bjos
Querida, Néia, você não se incomodaria de retirar esta verificação de palavras dos comentários?

Isadora disse...

Néia, é sempre um prazer vir até aui lê-la. Seja um texto humorado, reflexivo, rimado. Pouca imposta, pois chegar até aqui é certeza de acolhimento.
Fico muito feliz que você já tenha deixado seu livro. Também deixei o meu!
Um grande beijo

Tetê disse...

Oi, Néia... Isso é dom que Deus não dá prá todo mundo não... Sempre admirei os cadernos de poesia que minha mãe escrevia na juventude. Quantas vezes tentei mas cadê que as rimas vinham? Dava um branco total! Pensei então em observar o cotidiano e escrever minhas impressões. Nada! Eu sempre tive a vontade, mas não recebi esse dom! Deus foi generoso com você, querida! Eu caminhei nessa rua com você e foi um passeio muito agradável! Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Tenha uma boa semana! Bjks Tetê

Gabriella Beth Invitti disse...

Olá! Primeiramente gostaria de agradecer o comentário em meu blog. E então, não poderia deixar de "dizer" o quanto me encantei com tuas palavras. Me identifico com cada linha. E, palavra por palavra, me prendia cada vez mais ao texto.
Parabéns.

Escrever é, sem dúvida, um prazer.

Sara disse...

Querida Néia!
Tem um selinho te esperando lá no Saracotear...
Bjs.

Lidia M. Domes disse...

Néia:
Muy bonito lo que escribes...

Es bueno, sin dudas, tener una pasión. Es lo que nos permite estar vivos y plenos!!!

Un abrazo!

Eve disse...

Tb quero continuar tricotando!!! Ainda mais depois de um anode blog. hehehehe
Bjs!

Claudiaroma disse...

Quando sensibilidade neste teu blog...cheguei através da Sara e já me adicionei como seguidora!
Parabéns! sou aromaterapeuta e meu blog é de "cheiros". Abrs Cláudia
http://claudiaroma.blogspot.com

Nilce disse...

E eu tenho muito orgulho de ser sua seguidora e poder ler textos tão bons como este. Continue a tricotar conosco com palavras tão belas.
Um dia eu cresço e escrevo bonito assim. rsrs

Bjs no coração!

Nilce

Chica disse...

É muito bom passar aqui e ver o que esceves.E pra mim também esse hobby da escrita é levado à sério...Adoro estar por aqui nos blogs e amigos. beijos,linda semana,chica

Fatima disse...

Seja bem vinda!
Bjs.

Kell Alves disse...

Tão lindo, tão doce, tão forte,tão poético, tão impetuoso... Assim, tudo ao mesmo tempo. Quis falar mais mas, o teu texto me fez optar pelo silêncio da reflexão. Parabéns por ele!

P.S. E mais vez grata pela tua visita.

Misturação - Ana Karla disse...

Estou encantada Néia!
Suas palavras foram perfeitas e claríssimas.
Quero sempre estar na sua constelação.
Xeros

Ronda disse...

Oi Néia,
Ah, escrever para mim também é um grande prazer. Gosto de passear por aí, conhecer idéias diferentes e gosto mais ainda quando aparece um comentário no meu. Concordando ou discordando (de mais civilizada) sempre podemos aprender alguma coisa, afinal todos mundo tem os seus defeitos.
Sabe, eu também não imaginava que faria tantos contatos com pessoas de outros países! Esse é um grande barato deste mundo dos blogs, encurtar distâncias.
Abraços!!

welze disse...

tinha certeza que vc gostava de escrever. só quem gosta de fazê-lo, o faz dessa maneira, cativante, calma, serena, verdadeira e que agrada não só a quem está escrevendo como a todos que lêem. Sou sua fã. beijos linda.

Flor da Vida disse...

Amiga, o que escrevemos é a voz da nossa alma... Amei teu lindo e sincero texto!!! Receba meu carinho... Bjsss

Anne Lieri disse...

Neia,a força e o talento de um escritor está nessa coragem que vc tem de escrever o que sente!Lindo seu texto e adorei seu blog tb!BJS,

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Neia...escrever acaba virando mesmo um vicio bom...acaba sendo uma necessidade que vem da alma e não tem como mais mudar isso...fica enraizado...
Hoje perdi o tal livro numa pracinnha...tentei ficar de olho pra ver quem iria achar, mas não consegui...porém...valeu muito a pena...gostei da brincadeira séria..rs
Um abraço na alma
Bjo

Meri Pellens disse...

Antes de ter o blog eu tinha diário, agenda... era um hobby, que com o blog, só veio a enriquecer pela interação.
Beijos na alma, Néia.

Tetê disse...

Oi Néia! Obrigada pela visita e o comentário carinhoso! Bjks Tetê

Mônica disse...

Néia
E verdade.
Como voce mesmo diz vou ficar tricotando com os amigos daqui e os de lá. Que nem vejo, como os daqui. Mas todos são preciosos.
com carinho MOnica

Le disse...

Neia
Com silencio ou com post, e impossivel sair do seu blog com varias impressoes! Lindo texto
Beijos

Eu, ΞĐU disse...

Olá, Néia...
É bom estar aqui... gostei muito dos textos...
Navegando pela internet, achei este seu espaço...
Gostei muito do seu blog, suas idéias, sensibilidade e seu bom gosto...
Parabéns pelo trabalho! Estou te seguindo.
Saudações,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

Mônica disse...

Neis
Suas palavras sempre me faz muito, muito bem. Só tenho que agradecer.
com carinho MOnica

Gladys disse...

Hola Néia gracias por visitar mi espacio, tienes un blog muy bonito y unos escritos muy interesantes, mil gracias por tu comentario.
Besos que estes muy bien.

LILIANE disse...

Néia, lindinha
a gente na verdade vai se conhecendo no outro, não é?
você traz muita calma e tranquilidade pra mim, é sempre um prazer enorme passar por aqui, viu.
tricota bastante e eu prometo que não vai ficar nem uma peça abandonada.
beijo carinhoso
Liliane

Pri disse...

A Internet diminui as distâncias e nos dá espaço para expor nossas ideias e dores!É maravilhoso estar aqui!

Wilma disse...

Oi Neia, onde aprendera escrever tão bonito assim? Engraçado que lendo seu texto, me senti sentada na cadeira de balanço!!!

Leci Irene disse...

Néia, continue escrevedo o que lhe passa no coração. Aquilo que sentes realmente pode não estar de acordo com muitos que por aqui passam. Por isso somos uma riqueza enorme, pois somos diferentes um do outro! Acho que é esta diferença de pensar que no une neste mundo...

Mabel disse...

Olá Neia! Que blog sensacional! Parabéns! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita ao Mensagens do Anjinho! Bom final de semana! Paz e Bem! Beijos Mabel

Samantha: disse...

A Paz de Jesus e o Amor de Maria! Tudo bem Néia? Espero em Deus que sim! Muito bom esse seu post! Boa reflexão! Aliás, seu blog é muito bom! Obrigada por sua visita! Atualizei agorinha. Beijinhos e um final de semana abençoado! Samantha

Mônica disse...

Néia
E muito bom estar aqui sempre.
A gente acorda triste e sai alegre. Li para minhas mãe e tia Lourdinha, nossa visita.
Mamae está toda contente e rimos até porque mamãe adorou voce dizer que ela é mais bonita que seus trabalhinhos.
Não falei que aqui a gente sempre recebe boas palavras.
E tia Lourdinha quiz logo saber de onde era.
Fui no inicio para procurar.
Com carinho Monica
Um dia venha a BH para nos visitar.

José Sanches disse...

É adorável tua forma de escrever, você diz não se prender em versos ou poesia; não é preciso, encontrei nesta leitura - música, poesia, crônica... e a pura verdade de surpreender em tudo que escreve, não negarei, "impregnadas de emoção"

beijos com carinho e Paz!...

Liz Dantas disse...

Realmente, querida,é "muito bom está aqui"
Quero fazer parte dos seus seguidores,pois com certeza,aqui é um cantinho de paz e muito coisa gostosa de ler