11 de mar de 2011

Diferentes, porém, amigos!

À medida que a minha idade aumenta - tentando não envelhecer no coração e na mente - percebo estar ficando mais seletiva, dou-me ao luxo de escolher quem eu quero por perto, isso é bom ou ruim? Não sei ao certo, apenas sinto que é algo que eu já deveria estar fazendo há muito tempo. Já é fato que a companhia de verdadeiros amigos pode ser considerada um fator importantíssimo para uma boa qualidade de vida, afinal essa alegria se transforma em endorfina, impulsiona, dá ânimo e traz um enorme prazer em estar junto.
Bons amigos não são, exatamente, aqueles que possuem as mesmas características de personalidade, afinal as diferenças quando bem trabalhadas podem tornar uma amizade especial, o que sobra de bom em algum pode ser exatamente o que falta no outro, é assim que se completam.
Por vezes, é certo, ser preciso uma dose de tranquilidade e paciência, afinal há sempre aquele que adora um discurso interminável ou o que procura um ombro para desafogar as suas mágoas, outros ainda trazem uma expressão suplicante dizendo estar precisando afinar as ideias. Não posso também me esquecer dos que vem, rindo-se com todos os dentes, na sua mais luminosa alegria apenas para matar a saudade, quer coisa mais agradável? E tudo isso, fiquem sabendo, eles também tem que suportar, estoicamente, da minha parte. Somos diferentes em alguns itens, mas totalmente cúmplices nas alegrias e nos queixumes.
E se, porventura, em meio a essa distinção de amigos, alguma opinião se torna gritante e de difícil aceitação, então é hora de buscar aquela serenidade que só a distância produz, mas nunca é demais lembrar que, quando bem conversado, tudo pode ser resolvido ou amenizado.
Não importa o quanto somos diferentes desde que, ao estarmos juntos, sintamo-nos bem e queiramos esticar, infinitamente, esses momentos. E ao falarmos das fragilidades um do outro, certamente, não nos riremos, haverá somente um arroubo mútuo de solicitude e ternura.
De uma coisa eu tenho a certeza, viver sem amigos deixa a vida lúgubre e vazia, a existência só tem sentido quando se tem companhia e com ela poder, a qualquer momento, perder-se em risos ou lágrimas, por qualquer pretexto.




55 comentários:

chica disse...

Nas amizades, as diferenças completam...Mas como tu, ando meia seletiva também...Ando bem mais retraída...beijos,lindo fds,chica

Camila Monteiro disse...

Oi Néia, como é dificil ter um amigo de verdade hoje. Eu mesma ando quase sem nenhum. Meus amigos estão se tornando cada vez mais virtuais.
Obrigada pelo recadinho la no blog... bjs

Cacá - José Cláudio disse...

Eu também tenho ficado bastane seletivo à medida em que (acho) vou amadurecendo. Outro dia estava conversando com meu irmão sobre comemorar aniversários. Ele faz 50 anos este ano e eu no ano que vem. Ele estava em dúvida em como seria a sua comemoração e eu lhe dise que a minha não terá nenhuma dúvida quanto às pessoas que vou querer perto de mim. São aquelas que fizeram diferença na minha trajetória, as que vem fazendo e meus familiares. Não farei mais festas para encher um lugar e permanecer com um vazio por dentro. E terei em minha vida (pelo menos de vontade própria), estas pessoas. Adorei a sua abordagem. E obrigado pela visita. Um abraço. Paz e bem.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Néia
A maturidade nos dá realmente o direito de escolhermos com quem queremos conviver. Isso é um privilégio. Tenho poucos amigos, mas os que tenho, na maioria das vezes , somos bem diferentes, ao contrário, isso só enriquece nossa amizade.
Bjux

Vivian disse...

Bom dia,Néia!!

Sempre fui assim...deve ser porque sou desconfiada por natureza!rsrsrs
Mas sempre procuramos , verdade e sinceridade num amigo.E com o tempo vamos conhecendo quem possui ou não estas virtudes...Ser diferente, enriquece a amizade,mas tem que ter alguma sintonia...
Senão vira um descompasso.
Um bom amigo não precisa ser igual!Pra mim, precisa ser SEMPRE verdadeiro!
Beijos!!
**Lindo seu texto!!

andreiaborba disse...

Olá!
Adorei o post!
Os amigos que estarão sempre aí por você estão cada vez mais raros e devem ser valorizados com muito amor!
Bjs querida!
Adoro seu blog!
Déia

Dora Regina disse...

É muito complicado fazer amizades, mantê-las, pior ainda, a falta de confiança creio eu seja o grande problema.
Mas não é impossível, para nossa esperança ainda existem pessoas boas espelhadas por aí...
Bom fim de semana.
Paz e bem!

BIA disse...

Oi Néia!!!
Adorei o texto e concordo com cada palavra. Teve épocas da minha vida que eu só fazia amizades com pessoas que me identificava e que tinha a ver comigo mas com o tempo aprendi a lidar com as diferenças e ver que mesmo pessoas muito diferentes de mim e com o comportamento que as vezes eu não aprovava eram pessoas legais independente de não pensarmos iguais e termos uma visão e comportamento diferente perante a vida. O que importa é que sempre estamos aprendendo e evoluindo uns com os outros.
Ah!!! Você é uma da amigas que eu me identifiquei logo de cara, quando li teu perfil eu encontrei muitas coisa que eu penso da mesma maneira.
Beijos
Bia

Carla Farinazzi disse...

Neia,

Eu concordo com você, a vida sem amigos é triste demais. Mas hoje em dia, não sei, pelo menos pra mim, está tão difícil ter pessoas de verdade. Por isso acho sempre que menos é mais. Menos pessoas, mais amizade verdadeira.
Eu acho...

Beijos

Carla

Mônica Bif disse...

Oi Néia!!
Ótimo texto, como sempre, impecável! Concordo com cada palavra. A vida sem amigos é um tédio, temperada com as diferenças então, fica mais interessante ainda, afinal, é nas diferenças que há completude. Mas é claro que isso tem a ver com nosso nível de maturidade, quando éramos adolescentes geralmente nossos gostos e escolhas eram diferentes, era uma outra fase, um outro tempo... com o passar dos anos, através do que vivemos e experimentamos, vamos modificando nossos padrões, e alargamos nossa tenda de relacionamentos. Aprendemos a ser menos egoístas e mais generosos, as experiências de vida nos faz crescer e nos compreender melhor. Bjsss, ótimo final de semana!!!

Misturação - Ana Karla disse...

Néia eu amo meus amigos, mas há alguns diferentes demais de meus pensamentos, porém nossa amizade é firme.
Estou assim também, não sei se por amadurecimento, mas estou bem seletiva com as amizades.
rs
Xeros

Adelaide Araçai disse...

Olha, somos iguais quanto a amigos, os meus se fossemos classifica-los, nunca eu poderia uni-los em um mesmo ambiente, pois são amigos diversos e para todos os momentos, sou daquelas que ri junto mas também chora junto. Sou seletiva e ultimamente não tenho paciencia para reuniões onde a gente precisa ir para fazer tipo e marcar presença...prefiro dormir, ler ou assistir tv...rsrs. Meu tempo é precioso e gosto de investi-lo com uma boa conversa ou boas risadas e quem sabe até um silencio bem aproveitado em cia de quem eu gosto.
Tenha um ótimo final de semana
abraços
http://euseivoucontar.blogspot.com

Lilly M. disse...

A amizade é o que ainda há de bonito.

Amei o post'

Maria Célia disse...

Boa noite, Néia
Nunca fui de ter muitos amigos, aliás, tenho bem poucos, mas sei que gostam realmente de mim, se alegram quando me veem, nas datas importantes da minha vida eles estão sempre presentes; e o mesmo acontece comigo em relação a eles. Passamos meses sem nos encontrarmos, mais a amizade, a cumplicidade continua apesar da distância.
Bjo

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Néia querida,

São nas diferenças que se encontram os aprendizados.
Apesar que acredito muito na Lei da atração.
Estaremos cercados de pessoas que se identificam com a Energia que emanamos.
E como diz uma música que conheço: Para escapar da pessoa errada, só precisamos ser a certa, porque os semelhantes sempre se atraem.

Um grande beijo em seu coração!!!

Fernando Imaregna disse...

Oi Néia...
Grato pela visita e pelos comentários...
Ontem cheguei muito tarde do trabalho e nem postei, mas li os comentários...
Só que a idade pesa menina, hehehehe...e os olhos não ajudaram, mantendo-se abertos, para responder ontem mesmo...
Passo a seguir e venho com calma para ler tudo...
Mas já gostei, pq o post fala da importância dos amigos, e eu os acho essenciais em nossas vidas...
Bjos carinhosos e Deus te abençoe !

Valéria Russo disse...

Néia..
AMIGOS SÃO FUNDAMENTAIS EM NOSSA VIDA, MAS NECESSARIO TB É QUE SE SAIBA RESPEITAR AS DIFERENÇAS E AS OPINIÕES DE CADA UM.
SOMO DIFERENTES MAS IGUAIS EM SENTIMENTOS , DORES, E AMORES...
EU ESTOU MAIS SELETIVA HOJE DO QUE ERA A TEMPOS ATRAS, SOFRI MUITAS DECEPÇÕES MAS SOUBE SEPARAR O JOIO DO TRIGO, TENHO AMIZADES DE MAIS DE TRINTA ANOS(CRUZES!!!kkk), E OUTRA NOVAS QUE EU APRECIO MUITO, MAS eSTOU SEMPRE ABERTA A SER AMIGA , MA EXIJO O MINIMO DE FIDELIDADE E RESPEITO, O RESTO VAI SE AJEITANDO.
É BOM DEMAIS TER AMIGOS QUE FAÇAM PARTE DE NOSSOS VIDAS DE UMA MaNEIRA SINCERA, NÉ?
adorei o texto.
bjuivos em seu coração.
tenha um doce fim de semana.

Denise Portes disse...

Néia,
Eu gosto muito da definiçaõ de amizade na música do Caetano que ele diz:
"E sei que a poesia está para a prosa
Assim como o amor está para a amizade
E quem há de negar que esta lhe é superior?"
Um beijo
Denise

Patrícia disse...

Disse tudo.
Já me questionei também sobre essa seletividade.
Ela é necessária, mas é bom não fechar a porta para novos amigos.
Já escrevi sobre isso, mas não me lembro em qual postagem :S

Gosto muito dos seus textos.
Beijo

Monica Loureiro disse...

Que lindo este post...
Tão afetivo...

Julliany kotona disse...

Gostei do blog,gostei tanto que resolvi ficar ja estou te seguindo e sempre estarei por aqui a te visitar e comentar.bjos de bom fim de semana.

Eva disse...

Oi querida, adorei teu blog,adorei o post, verdadeiro, muito lindo; queria te convidar pra conheceres o meu se gostares fica por la seras bem recebida eu ja decidi ficar por aqui, bjo e ótimo final de semana.

Clau disse...

Que lindo texto Néia!
Uma vida sem amigos,realmente não faz sentido,porém,a maturidade nos permite a seletividade...
Acho isso ótimo.Sem culpas!
Vamos nos dar esse luxo sim!!
Bj!

Flor da Vida disse...

Sua sabedoria me encanta adorável amiga! Essa seletividade, principalmente nos dias de hoje, é muito importante para o nosso bem estar...
Lindo e rico o seu texto!!!
Carinhos meus pra ti, viu? Bjsss

Eve disse...

Ai, deu saudades dos meus... ;(

Bjs!

welze disse...

minha linda, eu penso que podemos viver sem filhos(meu Deus, eu não), sem marido ou homem ou companheiro, sem pais(infelizmente) sem vizinhos, mas sem amigos não podemos chamar de vida nossos dias. É tudo muito sem razão para mim. amo minha família mas tenho um amor incrível por meus amigos. São poucos mas os amo demais da conta. bom final de semana

andreiaborba disse...

Oi querida!
Passa lá no blog que tem presentinho p/ vc! Bjs! Déia

Só Brincos disse...

Adoramos o seu blog,maravilhoso e já estamos seguindo,parabéns.
Rogerio Rinaldi
Designer de Jóias
http://sbrincos.blogspot.com
Bjs.

Sotnas disse...

Olá Néia, desejo que tudo esteja bem contigo, sempre!
Sábias palavras, em texto interessante, digo interessante, pois, também postei algo parecido como deve saber!
Pois é, concordo com suas palavras, um verdadeiro amigo é aquele que no momento em que mais necessitamos de alguém ou imaginamos terminar um dia solitário, sem qualquer desculpa e com visível sinceridade ele aparece, e, simplesmente diz; Estava com saudades, e resolvi vir pra conversar! E assim o dia que estava por terminar inicia-se como por encanto, tal é a alegria que sentimos em ter importância, pra outro ser, nem que seja pra jogar conversa fora!
Parabéns pelo belo texto. Bem por aqui isso tem toda normalidade, pois e este seu ETERNO cantinho repleto de belos textos e poemas!
Desejo a você e todos ao redor iluminada felicidade, obrigado pelas visitas e comentários carinhosos e gentis, abraços e até mais!

Zé Carlos disse...

Neia, uma das melhores coisas do aprendizado da vida é poder escolher quem você deseja perto. O pior é aturar coisas ou pessoas por educação apenas.
Não tem nada a ver perder totalmente a paciência com as pessoas nem passar a viver sem amigos, mas filtrar sem dor na consciência, aquela distância em que se cria a possibilidade de níveis mais altos de integração racional.

Beijão menina e obrigado pelas visitas tão simpáticas.

Sonhadora disse...

Minha querida

Um texto muito verdadeiro...a amizade é o sentimento mais puro que existe,quando é pura...apenas se faz sentir.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Mônica disse...

Néia
Estava em Pirapora descansando com minha irmã e pescando.
Eu tenho muitas amigas lá em casa, mas as que eu convivo mais são umas 5 ou 6.
Com elas posso ficar um tempão muda ou conversando sem ofender e ser ofendida.
As outras 50 ou mais. Não tenho a ilusão que as terei por muito tempó.
com carinho Monica

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Néia sábias palavras, o importante é ter a percepção do que cada um precisa...saber interpretar as necessidades do outro naquele instante em que ele se mostra mais carente ou mais aflito ou at´mesmo sem paciência
Um abraço na alma
Beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

A amizade é tudo na vida da gente.

Lindo texto amiga.

Um bom dia para vc.

beijooo.

Elaine Freitas disse...

Querida!

Concordo com isso, e vivo desta maneira!

Acho que a seleção pra si próprio, é sim uma coisa boa, tendoem vista que as pessoas tem uma inflenci enorme sobr nós, escolher quem esta por perto é uma maneira de viver melhor!

Beijos Iluminados

Flor da Vida disse...

Amada amiga,

Lhe ofereço poesia
Pois de ti também recebo...
E nem é preciso embrulhar pra presente...
Porque é de alma que a doamos...
E é de alma que a recebemos...

Poesia não se faz... Nasce...
Brota das entranhas de invisíveis seres
Que habitam a alma de um poeta...

Ela está dentro e fora de nós...
Está na terra, no ar, no céu e no mar...
Na magia dos deuses... Nos sonhos que bailam
Ao som de harpas em salões celestiais...

Ela penetra surda no reino das palavras
E através delas vai colorindo o mundo
Com as cores da Paz, do Amor, e da Alegria...
Deixando sempre nas entrelinhas
Partículas d'alma do poeta que a pintou...

Então, viva a POESIA!!!
Aplausos a você POETA!
Porque sem o poeta, a poesia hibernaria...

Com meu carinho...
Flor da Vida(Suelzy Quinta)

14 de março, dia da poesia.

Evanir disse...

Querida amiga hoje Dia Mundial da Poesia ..
Convido você a ler a homenagem feita
no meu blog a todos os poetas,
Um lindo dia beijos,Evanir.

http://aviagem1.blogspot.com/

Mônica disse...

Neia Obrigada por rezar comigo.
Não quero que meus primos sofram.com carinho MOnica

Vanessa Monique disse...

Desde sempre fui exigente em relação a amizade, e com o tempo tenho ficado mais.
A seleção é natural :)

Espero sua visita no meu blog.
www.vanessamonique.blogspot.com
@vanimonique
:*

Nilce disse...

Oi minha querida

Estou um pouco ausente daqui. Perdoe-me, mas ando com uma tristeza imensa.
Além dos acontecimentos no Japão, por aqui as chuvas têm feito estrago nestes dias. Muita tristeza.
Obrigada pelo carinho.

Bjs no coração!

Nilce

Mariazita disse...

Néia, querida
Concordo que, à medida que o tempo avança, nos tornamos mais selectivos.
Penso que isso acontece porque, se por um lado a paciência para determinadas coisas aumenta com a idade, para outras começa a faltar.

Amigos que apenas tolerávamos vamos, aos poucos, tentando afastar; podemos assim dedicar mais tempo aos "selecionados":)

Não, os amigos não têm que ser iguais a nós; é quando são mais diferentes que a amizade vigora.

Achei seu texto excelente.

Boa semana. Beijinhos

Valéria disse...

Oi Néia!
Lindo texto!
Também estou seletiva, até chata, mas disponível e de coração aberto, mas sinto que é difícil trabalhar estas diferenças, o acatamento por ambas as partes.

Pelos caminhos da vida. disse...

Que seu dia seja de muita saúde, luz, paz e amor amiga.

beijooo.

M. Sueli Gallacci disse...

Oi Néia, obrigada, querida, pelo carinho!

Estou tentando voltar aos poucos, conforme meu tempo disponível.

Como vc diz belamente nesse texto, "viver sem amigos deixa a vida lúgubre", e ando sentido muita falta de visitar os blogs dos amigos, interagir com eles, enfim, me sentir próxima.

Afirmo, sem sombra de dúvidas, que hoje os amigos virtuais representam na minha vida um refugio, um consolo, uma fonte com águas que me renovam.

Lindo texto, adoro tudo que vc escreve.

Um beijo e um abraço bem apertado!

Carolina disse...

Realmente Néia,a maturidade nos torna mais seletivos,mas temos mais qualidade que quantidade nas nossas escolhas e osimportantes permanecem entrenós com todas as diferenças. Faz parte, que chato seria se todos fôssemos iguais.
Concordo com o teu pensar,amizade é muito importante na nossa vidaé algo assim como o ar que respiramos,sem eles impossível de se ter uma vida rica.
bjão

Juci Barros disse...

O que aproxima uns dos outros é superar as diferenças.

Beijos.

Juma Durski disse...

Neia Lambert no Blog do Juma:
http://blogdojuma.blogspot.com/2011/03/neia-lambertescritorasobre-o-blog.html

Debbie disse...

(Bons amigos não são, exatamente, aqueles que possuem as mesmas características de personalidade, afinal as diferenças quando bem trabalhadas podem tornar uma amizade especial)

REALMENTE ISSO FOI PROFUNDO!!

Marinha disse...

As diferenças nos tornam iguais. Amigo de verdade respeita as diferenças.
Bjo e muitos amigos verdadeiros pra ti, querida.

Juma Durski disse...

Tive a honra de ter umas lindas palavras da Neia em meu blog!
http://blogdojuma.blogspot.com/

Kell Alves disse...

Ainda ontem eu estava pensando sobre isso, sobre quem ter por perto. Existem pessoas que trazem 'peso' às nossas vidas seja pelas faltas ou excessos.
Tenho uma amiga que vê a vida com muito peso. Está sempre a reclamar, maldizer, desdenhar, criticar e julgar. É uma pessoa amrga e de alguma maneira essa proximidade com ela tem me trazido uma certa angústia q só ontem pude notar.
Assim, estou plenamente convencida de q a na nossa vida precisamos mesmo fazer essa selação de pessoas para que a nossa vida tenha cada vez mais leveza.

Dora Regina disse...

Neia, para mim a vida só faz sentido assim, com carinho e gratidão.
Hoje eu agradeço seu carinho na postagem do meu niver, obrigada!
Um abraço!

LILIANE disse...

Néia
fico pensando que as diferenças fazem parte da vida e não é impossível conviver com elas.
Agora, existem pessoas que quando se aproximam de nós, querem exigir que tenhamos pensamentos e atitudes iguais as delas.
Isso é uma chatice e acaba por destruir os relacionamentos.
Hoje, estou muito mais seletiva com as amizades do que no passado, justamente por causa destas dificuldades.
Pra mim, quantidade não significa qualidade.
Tenho poucos amigos, mas os que tenho, são pessoas que me conhecem, sabem dos meus limites e qualidades e conseguem me respeitar.
Acho isso fundamental.
Achei incrivel a imagem que você escolheu para o post.
Maravilhosa.
Um abração querida amiga, você sempre foi muito especial pra mim.
beijinho

Evanir disse...

Hoje dia 20 de março..
Dia do blogueiro
nesse endereço te presente para você
Esta na postage.
E na sala Presnte Seus.
http://evanirgarcia.blog.uol.com.br/
Um lindo e abençoado Domingo.
Beijos carinhos .
Te espero na Viagem

http://aviagem1.blogspot.com/
email
evanir_garcia@hotmail.com

Manuella Epaminondas disse...

Néia, tô começano nesta vida de blogueria, estou encantada com o seu texto, profundo e sensivel.Parabéns

http://manunatureza.blogspot.com/