7 de jul de 2011

No ritmo!


Às vezes, a vida imita uma pista de dança onde alguns,
por comodismo ou medo, preferem ficar como meros expectadores,
criticam, julgam e não saem do lugar;
enquanto outros bailam, melhoram a cada passo,
flutuam e seguem no ritmo cadenciado da música,
até o dia clarear!



Direitos Reservados

28 comentários:

Dora Regina disse...

Néia, podemos resumir que a vida é
um grande baile em que almas se encontram, se esbarram, se unem e se separam...
Cada qual bailando nos conflitos,nas esperanças e nas suavidades de momentos de amor
Grande abraço...Bom dia!

Rô... disse...

oi Néia querida,

o aprimoramento dos passos,
e o entrosamento dos parceiros,
só se adquire com a frequência da dança,
temos mesmo que praticar muito
para dançarmos melhor a cada dia...

beijinhos

Denise Portes disse...

Néia,
Muitos são os caminhos que escolhemos pra dançar essa música da vida, mas é preciso ter coragem e estar atento e forte na música escolhida.
Lindo texto e bela imagem.
Um beijo
Denise

Claudia Anahí disse...

Adorei te conhecer! Vamos seguir o baile! Se tropeças...continue dançando! Namastê!

piedadevieira disse...

Realmente, querida.É um constante aprendizado.
Beijos

Vivian disse...

Olá,Néia!!

É verdade...linda comparação, ficou perfeita!!!
Vamos aprender sempre, para nos aperfeiçoar!!
Beijos pra ti!

BIA disse...

Arrasou Néia!!! Um dos teus posts que mais gostei. Muito verdadeiro pois alguns criticam, julgam e não saem do lugar, sintetizando o que muito acontece em forma de bela poesia.
Bjus
Bia

Prof. Irapuan Teixeira disse...

É vero! O mundo é assim, exatamente assim. Alguns apenas estão no mundo, aí, a contemplar. Outros São no mundo, fazem o mundo e se fazem no mundo. Néia, convido-a a ler no meu blog essa digressão como homenagem ao poeta Ricardo Palma. bjs.

LILIANE disse...

Oi Néia...
engraçado, estou vivendo a vida e neste momento estou precisando definir se danço ou não uma certa canção, rs

mas, confesso, que tem horas que nos acostumamos a ver só os outros bailarem e ficamos timidos não é?

Mas acho, que vou precisar aprender a dançar Neia.... rs

beijo querida.

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Eu quero é dançar e aprender todos os passos que me levam a vida abundante.

Deus te abençoe.

Pra Thaís Itaborahy

http://palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Sonhadora disse...

Minha querida

Voltando devagar e passando para deixar um beijinho de amizade.

Sonhadora

Mônica Bif disse...

Oi Néia!!! Saudades!!! Volteiiii, obrigada pelo carinho lá no meu "cafofo", kkkkkkkkkkk, as pantufas comprei numa liquidação nas Lojas Americanas, pelo que eu vi tem para todos os "tipos" de pessoas, sem restrições, kkkkkkkkkk... AMEIIII o texto de hoje, super inspirador, acho que tô meio assim, entrando no ritmo, da vida, das emoções, das relações, enfim, de mim mesma! É bom quando conseguimos entrar no "eixo" e nos sintonizarmos na mesma frequência Astral que ajuda a conduzir a nossa vida pela estrada certa! A "dança" fica sempre mais bonita quando os pares conhecem o ritmo certo que precisam estar para poderem dar "aquele show"... Bjkas, fica com Deus e tudo de bom!!!! AMOOOO O ETERNO!!!

Livinha disse...

Pra cada situação uma dança. Para cada dança um par e se não houver com quem dançar, aguardar um iê, iê, Iê e a pista se lançar...
Mas tem gente que não gosta de dança ou talvez até goste, mas se sozinho, entrega-se ao pensar por não ter com quem dançar...

Como sempre Néia, palpitante as tuas
letras...

Bjs

Livinha

Julliany kotona disse...

Passei para dizer!
Bom dia ... Boa tarde ... Boa noite ...

Saiba que você estará sempre acompanhado
pelo meu bom pensamento dirigido a você.

E se ainda assim tudo lhe parecer escuro,
e você sentir que nada PODE fazer,
peço-lhe que me conte que ainda lhe resta CORAGEM!
e que me diga num breve recado
que recebeu esta minha mensagem.
Te desejo tudo de melhor sempre, que todos os teus objetivos sejam alcançados,bjos você é muito importante para mim e para o meu cantinho!
Bjos da juju ;D

Até sempre

Camila Monteiro disse...

A mais pura verdade esse post, foi quase um tapa na miha cara. Me mandou dançar agora! Obrigada Néia!
Beijos

Cacá - José Cláudio disse...

Muito, bom, Néia! A gente vai aprendendo caminhando , cantando e dançando, seguindo essa canção.Abraços e ótimo fim e semana.

Socorro Melo disse...

Oi, Néia!

A dança é uma das mais belas expressões de arte. Aprecio imensamente, mas, não sei dançar, e fico apenas como expectadora. Mas, na vida, é diferente. Consigo acompanhar o ritmo, seja ele qual for. Danço muito bem, me envolvo, participo, crio novos passos, tento aperfeiçoar, e convido outros a se engajarem na dança... Na vida, nunca fui expectadora, sempre uma dançarina nata,kkk
E como já dancei, viu?
A imagem acima está linda!

Beijos, amiga
Socorro Melo

Andréia B. Borba disse...

Ah, que lindo! Verade...
E aqueles que ficam encostados, geralmente o fazem porque tem medo de tropeçar e cair... Ledo engano... Mal sabem que, ao começar, não quererão mias parar... Bjs querida!
Déia

Mônica disse...

Neia
Que facilidade voce teve para comparar a vida com a dança.
Eu gostei muito!
com carinho Monica

Tetê disse...

Oi Néia! Esse post é mais um dos que classifico como "poucas palavras, grandes verdades"! E o pior é que os que ficam sentados e nada fazem, geralmente são os que mais criticam! Triste isso... Uma excelente reflexão! Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Bom final de semana! Tetê

Debbie disse...

Ual!! Não poderia fazer uma comparação melhor!!! Amei!! Bj

Adelaide Araçai disse...

E neste baile eu conduzo o marido...rsrs Sou uma serelepe e ele apenas olha só baila com a minha insistência...rsrs
Adorei a comparação
Abraços

Valéria disse...

Oi Néia!
Feliz e sábio texto! Amei!
Costumo dizer que existem as pessoas que preferem o carrossel e as que escolhem a montanha russa. Contemplar só as coisas belas e inanimadas do mundo, no mais é viver!

Beijão!

Lúcia Soares disse...

Então, viva os dançarinos!
Eu ando em ritmo lento...rsrs
Beijo!

Dayane Ok. disse...

Continuemos dançando então =)!

Sotnas disse...

Olá Néia, que tudo permaneça bem contigo!

Já que viver é um constante aprendizado, nos esforcemos sempre para aprender, pois a prática leva ao aprendizado, e prosseguir em constante prática nos leva ao aprimoramento do aprendizado, quase beirando a perfeição!
Sempre postando belíssimos textos, e lindas imagens também. E agradecendo tuas sempre gentis e carinhosas visitas eu venho desejar a você e todos ao redor intensa e feliz existência, abraços e até mais!

Mara Melinni disse...

É preciso não temer os passos... a vida é um aprendizado constante, assim como a dança.

O importante é não ter medo de tentar!

Linda semana e um grande abraço, Néia!

Taia Assunção disse...

Você está cada dia melhor. No momento estamos no ritmo lento, daqui uns dias aumentaremos a velocidade e assim vamos seguindo. Beijocas e boa semana.