5 de set de 2011

NUNCA MAIS!

     Num discurso inflamado onde as palavras, às vezes, saem aos borbotões não nos damos conta da intensidade e do alcance de algumas delas. Juramos, fazemos promessas, tomamos atitudes precipitadas e num acesso de mau humor as decisões parecem irrevogáveis. Quem numa ocasião assim jamais falou um “nunca mais”? E que atire a primeira pedra quem não veio a se arrepender, amargamente, depois.
     Em sinal de rendição, olha-se então de soslaio e com ar hesitante, explica-se que tudo não passou de um rompante. É perceptível, principalmente, em se tratando de assuntos do amor, que “nunca mais” não tem e nem nunca terá o tom de eternidade!


(Esse texto faz parte do projeto "Dois Olhares" de Néia Lambert e Denise Portes O delírio da bruxa).

38 comentários:

Denise Portes disse...

Néia,
E viva o poder humano de arrepender-se e seguir, afinal, “nunca mais” dói mais ainda em que determina o fim de algo que é maior que o próprio coração.
Um beijo
Denise

Mônica Bif disse...

Oi Néia! Como diria aquela canção do Capital Inicial: Nunca diga nunca mais! Creio que todos nós passamos por momentos assim, que às vezes no instante de um segundo do nosso tempo falamos, em outras palavras, "desta água não beberei", Rsss, e quanto arrependimento depois?! Rsss. Bom, mas creio que aí está a beleza da vida, aprendermos com os erros e da próxima vez tentar fazer melhor, e fazer nossas escolhas com cuidado e sabedoria considerando todas as possibilidades... Bju, ótima semana pra vc!

BIA disse...

Oi Néia!!!

Palavras são mesmo armas poderosas que podem ferir brutalmente ou acalentar profundamente, quando sinceras então são mais relevantes ainda, a palavra "nunca Mais" já carrega em si algo bem pesado e definitivo, mas quem não a disse algum dia? O problema é quando é dita sem pensar e em momentos de raiva, mas quando é no momento certo não há motivos para arrependimento. Como sempre muito sábio!!!
Tenha uma excelente semana!!!
Bjus
Bia :)

Meri Pellens disse...

Já foram muitos "nunca mais" que soltei. A maioria incumpridos rs...
Beijinho e muita paz, Néia querida!

Misturação - Ana Karla disse...

Nunca mais não existe.
E é normalmente na hora da raiva que ela é usada, mas seres normais voltam atrás.
Boa semana
Xeros

ValeriaC disse...

Muito legal... grande fato minha amiga... até porque tudo o que fazemos no calor das emoções, podemos acabar por nos arrepender depois...
Boa semana querida...beijos...
Valéria

Andréia B. Borba disse...

Néia, querida, creio que o "nunca mais" é apenas mais uma forma de auto-ilusão que utilizamos, sabe?

Como vc está minha querida?

Um beijo enorme euma linda semana!
Déia

Suzy Rhoden disse...

Acredito que o 'nunca mais' já esteve em todos os lábios, e maioria das vezes não se cumpre porque crescemos e amadurecemos, mudamos de opinião. Não vejo o 'mudar de ideia' como um problema, penso que bem pior é a teimosia incoerente, aquela insistência no erro por puro orgulho. De qualquer forma, mais sábio é aquele que substitui o 'nunca mais' pelo 'não neste momento'.

Beijão!

Tetê disse...

"Nunca mais falo com você", "nunca mais olho prá tua cara", "nunca mais piso nesse lugar"... Xiiii... a gente sempre se arrepende! Eu tento evitar, mas com a cabeça quente, é difícil não cair nessa armadilha! Bjks e uma boa semana prá você! Tetê

Eve disse...

Graças a Deus que não. ;)
Bjs!

Zéza disse...

Oi querida! Vim agradecer a sua visita e avisar que já atualizei! Estou esperando sua visita!! Beijos azuis!

Adelaide Araçai disse...

Quando adolescente usei muito esse "nunca mais" e sofria tanto para poder cumpri-lo, sim pois era muuuuito teimosa e o que eu falava eu fazia... aí descobri que nunca mais não existe (foi dificil, verti muitas lagrimas)Agora gosto de dizer:
- A minha "verdade" no momento é:

Assim me sinto livre para mudar radicalmente de idéia depois.....kkk

Abraços

Vera Lúcia disse...

Olá Néia,
"Nunca mais" sequer existe mais em meu vocabulário. Nada é definitivo nesta vida.
Já usei muito e sempre voltei atrás (rsrsrs).
Quase sempre é dita num momento de forte emoção.
Ainda bem que quando é pronunciada fica mais na intenção. Insistir neste "nunca mais" quando
desejamos o contrário é aceitar sofrer. Orgulho não vai ajudar a sermos felizes.
Beijos.

Arnoldo Pimentel disse...

Muito bom o texto, às vezes nos deixamos levar pelo sentimento do momento.Beijos

Rô... disse...

oi Néia,

basta dizer nunca mais,
pra no minuto seguinte bater
o arrependimento...

beijinhos

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá! É uma grande satisfação visitar seu blog com frequência. Admiro muito a criatividade de meus amigos blogueiros. Hoje quero pedir uma ajudinha de vcs, estaremos lançando em breve em nossa paróquia um JORNAL IMPRESSO, e ele precisa de um NOME.
CONTO COM A SUA SUGESTÃO! Grande abraço na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo

martinha disse...

bom dia Neia td bem, o bom é conseguir controlar a boca e tranquilizar a mente nestes momentos, para que não digamos e tb não temos atitudes que certamente iremos nos arrepender depois... uma vez que nunca + é um frase que só tras sofrimento, beijo e bom feriado

Vivian disse...

Bom dia,Néia!!

Sim...que atire a primeira pedra quem ni=unca se arrependeu, de dizer coisas sem pensar,no calor do momento!! O importante é saber pedir perdão...as vezes precisamos de mais coragem para voltar à trás, do que nos deixar levar pela fúria...
Lindo texto!!!
Beijos pra ti!!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

lindo, Néia! é verdade, quando se ama o "nunca mais" não existe, é apenas expressão.
gosto dessa delicadeza, desse sentimento q vc coloca em seus poemas. são poemas breves, mas falam tanta coisa...

bom dia!

Anônimo disse...

Neia
Não consigo comenta, por isso vou pelo anonimo.
As palvras , tem hora que tenho medo de falar para não ser mal interpretada.
com carinho Monica
A semente é de ipê roxo.

Clau disse...

Na hora da raiva,extrapolamos...
Mas ainda bem que "nunca mais",de fato não existe,quando a gente ama.
Bjs Néia!

Socorro Melo disse...

Oi, Néia!

Xi! Sou medonha pra usar esta expressão, mas, felizmente, ela só vigora até o fazer as pazes, rsrsrs

Bacana esta abordagem

Um abraço e bom feriado
Socorro Melo

Severa Cabral(escritora) disse...

Olá minha linda amiga!
Estou sentindo sua falta,não sei pq...te gosto muito!
nada se diz para sempre,texto reflexivo e cheio de realidade...
Bjsssssssssssssss

Mônica disse...

Neia
Hoje mais cedo não consegui comentar. Não sei o motivo.
Estava em araxá e senti muitas saudades de voces.
As palavras são sempre belas quando voce nos encanta , mesmo quando procura uma parceria para nos dizer e nos fazer bem.
com carinho sua amiga Monica
Gostaria de ser rica para poder trazer os deliciosos docinhos de araxá para todos os meus amigos principalmente para você.
com carinho Monica

Valéria disse...

Oi Néia!
Noooossa, as palavras,que poder têm...mas o perdão deve ser maior!
Nunca mais, é uma palavra forte, mas que na maioria das vezes não é seguida ao pé da letra, somos mesmo é levados por rompantes que nos fazer dizer estes despautérios que graças a Deus podemos relevar e ser relevados.

Beijos!

Tetê disse...

Néia querida... Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Fico feliz de encontrá-la em meu cantinho! Bjks Tetê

Adriana Vargas de Aguiar disse...

Oieee!!!

Estou aqui para te convidar a fazer parte do clube dos novos autores, concorrendo a sorteios de livros todos os meses, desses meninos talentosos que estão no anonimato e precisam de nós para mostrar ao mundo a sua escrita!
Dia 10/09 serão 16 livros.
Siga o blog, comente - eu quero participar da promoção, e divida conosco este sonho, que agora é nosso!
Um super beijo e te espero lá!
Adriana

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite querida amiga!
Quero te contar um segredo,kkkkkkk,meu coração amanheceu em festa...
Passa lá no meu cantinho para bebermos um vinho em comemoração...não esqueça...estou te esperando...
Bjsssssssssssssssssss

Livinha disse...

Sao palavras soltas, impetuosas diante do que chega de forma supresa
Somos mal pagadores de promessas, as nossas mais íntimas, nas provas circunstanciais ao jeito com que nos chega... Ficamos aborrecidos porque não ceitamos e jogamos ao vento: Nunca mais!!!

...até a próxima ventura.

Sempre bom Néia te lê...

Bjs

Livinha

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Néia querida,

Olha, vou te falar a verdade, sempre fui muito impulsiva, principalmente com as palavras.
Quando ficava nervosa então.....mas com o tempo vamos amadurecendo e mudando muitas atitudes que antes eram impensadas.
As vezes escapa um "nunca mais", mas hoje ele já não é tão pesado e definitivo.

Um grande beijo em seu coração!!!

Marinha disse...

Até o "nunca mais" tem início, meio e fim.
Belo texto, Néia querida!
Bjo

Pelos caminhos da vida. disse...

Com os tropeços que a vida nos apresenta, aprendi que essa palavra "nunca mais", está totalmente fora do meu dicionário.

Bom fim de semana amiga.

beijooo.

Wanderley Elian Lima disse...

Nunca mais é muito tempo, principalmente para o coração.
Bjux

Sonhadora disse...

Minha querida

Hoje passando apenas para oferecer o selinho de 2 anos de blogue e dizer que sem o carinho de todos que me seguem e comentam não chegaria aqui, por isso esta comemoração é vossa.

Beijinhos com carinho
Rosa

Cacá - José Cláudio disse...

Se tem uma coisa que a vida me ensinou com muito sofrimento (por minha máxima culpa) foi controlar a impulsividade para manifestar com palavras. Elas são inimigas quando mal ou precipitadamente usadas. Um grande abraço, Néia. Paz e bem.

Mara Melinni disse...

Oi, Néia!!

Onde posso encontrar os seus textos?
Gostaria de ler mais o que vc escreve...
O "nunca mais" é assim mesmo...!

Bjs (=

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá! Parabéns pelo trabalho q vc desempenha neste blog.
Obrigado por contribuir na sugestão do nome do nosso jornal impresso. Foi uma bela sugestão.
Grande abraço na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo

wanessinha disse...

oie amei seu blog..amei os texto tmb vc ta de parabens..ah vai la no meu blog da uma olhadinha se gosta e querer seguir fica avontade..depois eu retribuo ok bjss
http://wanessasonhoseconquistas.blogspot.com/