2 de mai de 2012

Ácido sabor!


Mágoas são como o sabor marcante que uma fruta ácida deixa na boca.
A sensação opressiva e o incômodo gosto
saltam lágrimas aos olhos, desfiguram o rosto.
No entanto, os otimistas não se abatem por tão pouco,
têm logo restaurados o paladar
e a alma como um todo.




  Direitos Reservados

20 comentários:

✿ chica disse...

Que bom que esse ácido gosto logo passa!!Lindo!!beijos,chica

Mery disse...

O importante é não ficar amargando o incômodo gosto; penso que as lágrimas aliviam a alma...é bom chorar e desabafar, ajuda ** Há mágoas que marcam, infelizmente.
Beijinho, boa quarta-feira.

Misturação - Ana Karla disse...

Perfeito Néia!
Essa descrição do amargo ácido pode ser invertido rapidamente.
Otimismo.
Amei!
Xeros

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Excelente associação! Há sentimentos que amargam muito mesmo! Bjs

Mariazita disse...

É, amiga, às vezes o sabor é demasiado amargo e custa muito para passar.
Até mesmo aos optimistas acontece terem dificuldade em ultrapassar certas mágoas...

Continuação de boa semana. Beijinhos

jose claudio disse...

Oi, Néia! Obrigado, em primeiro lugar, pelas visitas gentis durante a minha ausência.

Olha, eu acho o otimismo e o desprendimento verdadeiros temperos adocicados para a amargura. Viver é muito breve para alimentarmos as amarguras que insistem em nos rodear de vez em quando.

Abraço grande. paz e bem.

Clau disse...

Boa tarde Néia :)
Ainda bem que eu sou otimista!
Não aprecio nem pouco esse ácido gosto.
(Mágoas são inevitáveis,mas ainda bem que não é obrigatório ficar sentindo o sabor).
Bjs!

Socorro Melo disse...

Oiê!

E o melhor remédio para se restaurar o "paladar" das mágoas e ressentimentos, é o bálsamo do perdão: é tiro, e queda... Eu recomendo.

Um abração
Socorro Melo

BIA disse...

Olá Néia!!!

Lindo e verdadeiro como sempre!!! Adoro suco de limão!!!
Bjs :)

Suzy Rhoden disse...

Exato! O sabor da mágoa é ácido, desagradável ao paladar. Melhor nos livrarmos dele rapidamente!

Beijos, com o desejo de uma linda semana!

Camila Monteiro disse...

Excelente comparação viu... E tb há pessoas que aprendem a lidar tão bem com esse amargo né?!
Beijos!

Sonhadora disse...

Minha querida

Realmente as mágoas deixam na boca um sabor amargo...feliz de quem lhe consegue dar um toque de doce.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Maria Célia disse...

Oi Néia
Que beleza de comparação.
É deste jeitinho mesmo que acontece com os otimistas.
Bjo

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá! É sempre uma alegria visitar seu blog e ver tantas novidades boas.
Neste mês de maio, que a exemplo de Maria, Mãe da Igreja, ... Possamos todos sentir mais fome e sede de justiça, fome e sede de servir sempre mais.
Grande abraço na Paz e no Amor de Cristo. Aguardo sua visitinha em nosso blog.

Reinaldo Fonseca
Paróquia São Pedro e São Paulo
http://www.pspedrogpuava.blogspot.com.br/

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Néia querida,

É verdade querida, podemos "escolher" em que energias permanecer.
E mesmo que sintamos o gosto ácido de um sentimento triste, podemos fazer uma refrescante limonada transmutando este mesmo sentimento.

Um grande beijo em seu coração!!!

Vivian disse...

Bom dia,Néia!!!

E que bom que passa logo!!!!Basta querermos,né?!!
Linda inspiração!!!E a imagem!Cores que saltam aos olhos!
Beijos, amiga!!
Bom final de semana!

Claudia disse...

Néia querida! simples e tão verdadeiro...e dentro da Aromaterapia, o limão atua muito bem nas emoções de mágoa...adorei! beijos e bom fim de semana!

Sueli Gallacci disse...

Mágoas são inevitáveis, carregá-las é opcional...

Vc traçou belamente um parâmetro entre esse doloroso sentimento e o sabor acre das frutas cítricas... Um azeda a boca sem grandes consequencias, o outro atinge a alma que poderá nos transformar em pessoas amargas. Optemos, portanto em não carregá-las.

Bjos querida!

Mônica Bif disse...

Oi Néia! Bah essa postagem é pra mim esta semana!!! Rsss. Mas com certeza sou uma pessoa otimista e não vou permitir que o sabor amargo das intempéries da vida permaneçam na minha alma. Vou adoçá-la com mel, acrescentar a um chazinho de capim cidreira e bem quentinha (com o coração cheio do amor do Pai) beber como quem bebe uma bebida que além de esquentar nesses dias frios, ajuda a trazer cura para o que está doente em nós. Amarguras são como vírus da gripe nessa época do ano, corre solto por aí, precisamos nos vacinar com a vacina do amor e do perdão constantes, nos fortalecer nos alimentando (absorvendo) com o que é bom e descartar tudo aquilo que faz mal ao nosso coração! Obrigada pelas palavras do seu comentário, amei!!! Bjooo, bom final de semana!!! :)

Elisa T. Campos disse...

O incômodo gosto se diluiu quando li este lindo texto.

Néia
Bom final de semana
Bjs