28 de mai de 2012

Pedalo, logo vivo!


Outro dia, num golpe de sorte,
li uma frase que mexeu comigo:
“Pare de fingir de morto, pedale!”
Pronto! Depois dessa sacudida,
vivo uma esfuziante - espero que constante -
alegria de pedalar todos os dias.
Agora o corpo anda leve
e o espírito mais ainda!




  Direitos Reservados

23 comentários:

✿ chica disse...

Que delícia pedalar!!Adoro!!beijos, boas pedaladas,linda semana!chica

Pelos caminhos da vida. disse...

Agora quem ficou sacudida fui eu...

Bom dia Néia.

beijooo.

Vivian disse...

Bom dia,Néia!!!

Que alegria contagiante!!!!
Se por aqui não tivesse tantas subidas...eu até que me animava também!!Sempre gostei de pedalar,mas depois que vim morar aqui, abandonei o hábito...são muitas lombas!!rs
Beijos, minha amiga!!!
Uma ótima semana, pra ti!
Cheia de energia e alegria!!!!

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Adoro também pedalar, nem que seja só um pouco, costumo ir acompanhada pelo filhote ou pelo marido. É ótimo! Bjs e boa semana!

Carla Ceres disse...

Continue pedalando, Néia. Exercício faz muito bem mesmo. Beijos!

Denise Portes disse...

Néia,
Sabe o que eu acho? Que você anda me imitando kkj... Eu adoro pedalar é o esporte que mais me encanta.
Beijos
Denise

Bruxa disse...

Que linda postagem!
Adorei o poema!

Abraços e ótima semana.

BIA disse...

Oi Néia!!!

Simplesmente amo pedalar, desde que vivo,dos primórdios sempre amei bicicleta. Pedalar é um dos meus esportes e lazer favoritos!!! Que bom que tu está vivendo este momento maravilhoso e saudável que é fazer o que se gosta, realmente pedalar é viver!!!
Linda imagem!!!
Uma feliz semana pra você!!!
Bjs :)

Valéria disse...

Oi Néia!
Que versinhos contagiantes!rss
Pena que eu não sei pedalar, mas sei que é muito bom e divertido.
Beijinhos e uma ótima semana!

Clau disse...

Oi Néia :)
Pedalar é tudo de bom,além de ser ótimo pra saúde.
Nunca pare!
Eu também adoro!
Bjs!
Boa semana.

Maria Célia disse...

Oi Néia
Que bacana você aderir às pedaladas.
Faço isto diariamente, minha cidade é muito plana, bicicleta por aqui é aos montes.
Faço compras de bicicleta, tenho uma cesta grandona na frente e consigo carregar muita coisa.
Beijo.

Smareis disse...

Eu adoro pedalar, é uma delicia mais ando preguiçosa risosss.
Beijos e ótima emana.

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

[por aqui sem chances...ja roubaram 4
bikes...acredita?]


beijo

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Literalmente eu não pedalo apesar de dirigir...
Mas na vida real, como pedalo!!!
Bjm de paz

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida Amiga, hoje eu quero muito lhe agradecer a sua linda e carinhosa presença no meu cantinho! Meu carinho sempre.
Tem um selinho lá no meu cantinho, feito com muito carinho! Se gostar leve com você!
Abraço amigo!
Maria Alice

Vanessa_Oliveira disse...

liberdade pura Néia.
adorei o texto.
Parabéns.

beijos ****

pensandoemfamilia disse...

ADORO PEDALAR, INFELIZMENTE NO GRANDE CENTRO ISSO FICA DIFICIL.
BJS

Vera Lúcia disse...

Oi querida,

Como estou precisando dar umas pedaladas! Difícil por aqui. É um
exercício gratificante, pois, como você disse, faz um bem enorme para o corpo e o espírito.


Eu e o meu recanto estamos sentindo falta de sua adorável presença.

Beijo.

Camila Monteiro disse...

hahahaha acho que não sei mais andar de bike não!
Faz tempo hein! Mas era bom! kkkk

Mônica Bif disse...

LINDO NÉIA!!!! É isso aí, temos que continuar a "pedalar pra frente"!!! Engraçado, esses dias acabei tendo um problema pessoal e tb de saúde, graças a Deus agora estou melhor e as coisas tb, este teu post me fez recordar de quando eu era pequena, quando ganhei minha primeira bicicleta, eu queria logo aprender a andar sem as rodinhas de apoio, queria descer os morros com mais velocidade, queria tudo pra ontem, Rsss, minha mãe sempre dizia, vai devagar, cuidado pra não cair, até que um dia, quando já havia tirado as rodinhas, estava segura em andar com a minha bike e lá eu ia pra cima e pra baixo, já achava que tinha prática o bastante pra descer o morrinho em frente da nossa antiga morada, nossaaa parece que aquela cena tá passando agora na minha frente! Rss. Minha mãe estendendo as roupas no varal e eu dizendo MANHÊEE, OLHA SÓ, pronta pra mostrar pra mãe que eu já sabia andar de bicicleta como uma profissional, Rss, dar orgulho pros pais, OXXX, Rsss, já sabe que aconteceu neh? IXXX, lá fui eu direto pro chão comer (literalmente) poeira! kkkkkkkkkk. Levei mó tombaço! kkkkkk. Assim tb são as coisas na vida da gente, às vezes agente acha que tudo está bem, estamos preparados pra tal coisa, e não vemos impedimento nenhum pra fazer determinada coisa, confiamos na nossa autoconfiança e não demos muito ouvidos à voz da Experiência, então caímos, e como é ruim agente ter que levantar e começar tudo de novo, além da dor do tombo vem a vergonha, o sentimento de fracasso, é terrível. Mas assim como a minha mãe naquele momento calmamente olhou pra mim e disse: lavanta daí! E deixou eu chorar em silêncio e cuidou dos meus ferimentos, Deus tb, como um Pai bondoso nos diz: Levanta daí filha! E trata de nossos ferimentos com carinho, amor e faz nossas feridas sararem, principalmente as do coração, onde ninguém vê, só Ele. Mas primeiro precisamos levantar, na vida não importa quantos tombos vamos ter mas importa muito nossa capacidade para levantarmos novamente. E continuarmos nossa pedalada pela vida!!! Rss. Depois do tombo agente tb aprende a ser mais cauteloso, e aprende um monte de outras coisas tb, às vezes a bicicleta em que agente está andando está precisando de algum reparo, (meu pai depois verificou e viu que uma das peças estava meio frouxa o que facilitou a minha queda), se eu não tivesse corrido tanto e tivesse esperado meu pai revisar a bicicleta eu provavelmente não tinha caído. Rss. Nosso problema é que queremos certas coisas pra ontem, não sabemos esperar, precisamos aprender a ser mais pacientes, saber que realmente pra tudo existe um tempo, um lugar certo, uma oportunidade adequada para nos vermos plenamente realizados. Quando aprendermos a andar na bicicletinha direitinho, Pai vai dar uma Caloi daquelas bonitas que agente vai saber conduzir de forma mais hábil e com mais destreza teremos condições de ir mais além, com segurança e firmeza! Rss. AMEI ESSA REFLEXÃO. Vou escrever um post no meu Blog sobre isso, posso usar os versinhos seus? Realmente vc é para nós Néia motivo de inspiração, Glória a Deus neh?! Bjoss!!! :)

Mônica disse...

Neia
Gostei do "testemunho" de minha xará.
Pena que nao sou como ela. Nunca consegui aprender a andar de bicicleta. Mas agora na ginastica estou pedalando muito.
E como a vida passa bem depressa, fiz muitas coisas belas caminhando de outras maneira e conhecendo pessoas maravilhosas.
Mesmo agora nao preciso sair de casa para descobrir que a vida é cheia de novidades!
com carinho Monica

Mery disse...

Que legal adorei essa mensagem tá linda e otimista; que sacudida!
Valeu, amiga.
Vou pedalar assim que tiver um tempinho; já pedalei muito, agora falta tempo.
Beijo/ Mery*

Elisa T. Campos disse...

Pedalar pedalar.
Alegre exercicio.
Tenho inveja de quem sabe. Nunca andei de bicicleta.
bjs.