28 de abr de 2012

Tela de fundo azul


Um secreto encanto é o que sinto pelo céu, essa tela etérea de fundo azul.
Na infância, eram brancas porções de algodão doce que eu via flutuando acima de mim.
Na adolescência, instigada pelas precoces paixões,
eram corações em flocos, que lá no alto corriam
na mesma velocidade dos meus sentimentos.
Na juventude, instigada por tantos sonhos,
ficava a adivinhar o destino, tão incógnito quanto os arabescos
que nas nuvens se viam.
Na maturidade, embora a dose de realidade,
às vezes, deixe o meu céu na cor cinza
é para o alto que, todos os dias,
eu ainda volto o meu olhar.



  Direitos Reservados

25 de abr de 2012

Amar é...sentir o coração acelerar,
involuntariamente,
diante de pequenos carinhos.

 

    Direitos Reservados

23 de abr de 2012

Discreta felicidade

Ter gosto pela vida
é aprender a olhá-la de um modo silencioso e discreto,
estar atento e não deixar que a felicidade,
com seu tom melodioso,
chegue e se vá,
sem ao menos ser notada.


  Direitos Reservados

21 de abr de 2012

O despertar dos pardais

Num ritual matinal, a balbúrdia e o pisotear inquieto dos pardais no telhado
anunciam que o sol desponta lá pelas bandas do leste.
E se o dia, como hoje, amanhece num tom escuro ameaçador
então permanecem, em silêncio, junto aos seus filhotes.
Instintivamente, fogem das rajadas do vento e da chuva que chega imperiosa.
Embalada por essa quietude quase irreal,
retardo-me também, preguiçosamente,
no aconchego do meu leito.



Direitos Reservados

18 de abr de 2012

Muito além!


Pelo menos uma vez ao dia
costumo fixar o olhar no horizonte,
um lugar que não vai apenas
até onde a minha vista alcança.
Essa paisagem que, em princípio, é infinita
acalma o desassossego dos meus pensamentos,
é confortante, ao mesmo tempo, instigante,
sentir que a vida
vai muito além do que eu posso ver.




Direitos Reservados

15 de abr de 2012

O jeito de ser da poesia

Poesia, muito mais que palavras e rimas,
é um olhar perceptivo e crítico para o cotidiano,
o relato dos pequenos prazeres que justificam a vida
ou, simplesmente, a narrativa dos tormentos do espírito.
Também, uma descrição minuciosa das manifestações da natureza
a ponto do leitor, naturalmente,
senti-las sem nunca tê-las visto.
Poesia não são versos enigmáticos
onde somente o autor entende o seu sentido
e sim, uma forma de compartilhar as emoções,
nitidamente, como a luz do dia.
Poesia gera uma interatividade expressiva,
unindo, mesmo à distância,
os que por ela se encantam
tal qual uma conexão sem fio.





Direitos Reservados

12 de abr de 2012

Habitat natural


A visão de um animal na coleira, uma ave engaiolada, um peixe no aquário me angustia completamente.
Algumas pessoas dizem que seus bichos de estimação já nasceram em cativeiro e não sobreviveriam em liberdade, uma boa desculpa caso não permitissem mais a reprodução nessas condições.
Nenhum argumento, por mais convincente, fará com que eu mude de ideia
que o melhor lugar para cada um é no seu devido habitat.



Direitos Reservados

9 de abr de 2012

Vida!


Os seres humanos, numa angustiante incerteza,
perdem-se em conjecturas inúteis
tentando provar a origem disso ou daquilo.
Enquanto isso a natureza, sem nenhuma perturbação
explica, pacientemente,
o milagre da vida.


Direitos Reservados

5 de abr de 2012

Cruz e Luz!



O silêncio da cruz, para alguns, perturbador,
lembra-nos que devemos morrer, pacientemente,
para as coisas sombrias do mundo.
A ressurreição nos leva a crer
que o milagre maior
é o da transformação da vida,
libertar-nos das fraquezas e sermos melhores a cada dia,
tudo em prol daqueles a quem amamos tanto!

Desejo uma Páscoa libertadora e feliz a todos!





Direitos Reservados

2 de abr de 2012

Sem formalidades


É bom estar em meio
às pessoas descontraídas e informais
que trazem na alma uma originalidade
absolutamente natural e constante,
jamais vivem a tolice irremediável
de serem o que não são.
Elegantes nas atitudes,
requintados nos sentimentos,
sofisticados no caráter.
As melhores companhias
para um saboroso chimarrão
ou em qualquer outro
momento da vida!


Direitos Reservados