19 de jan de 2013

Vendaval



Quando o vento sopra, impetuosamente,
desarrumando  a vida aqui e ali,
abrigo-me na saudade dos tempos de menina.
A vida era de uma complexidade simples
e as “tempestades” não passavam de vendavais
que fustigavam as árvores.



Direitos Reservados

12 comentários:

Denise Portes disse...

Néia,
Crescer dói e não crescer também, essa falta de opção faz com que todos nós busquemos caminhos para enfrentar as tempestades. O fato é que como na natureza tudo passa, depois existe, não é? Lindas palavras.
Um beijo com carinho
Denise

BIA disse...

Saudades deste tempo tão maravilhoso que até as tempestades eram doces!!!
Bom final de semana Néia!!!
Bjs :)

✿ chica disse...

Quando crianças tudo parece mais fácil e simples,né? beijos praianos,chica

Suzy Rhoden disse...

Verdade, os ventos da infância não causavam as ruínas que as tempestades da vida adulta muitas vezes produzem...

Bom demais ser criança! Beijos.

ᄊム尺goん disse...

(tudo tão rico (vc e a Denise)

grata!

beijo

Inaie disse...

eu adoro os vendavais. eles limpam o ar, levam embora os entulhos que a gente não tem coragem de jogar fora!

Maria Célia disse...

Ah Néia, que lindo, é isto mesmo que eu penso, saudade desse tempo aonde a simplicidade reinava soberana.
Beijo.

Camila Deus Dará disse...

Pois é, depois somos mais novos, tudo parece ser mais "forte" do que na verdade é. Quando crescemos, percebemos isso...

Adorei seu blog

Beijão :)

Camila- Ninho de Fogo

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Quanta saudade que por vezes temos de quando a vida era um doce amanhecer.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Gaivotadourada22 disse...

Querida Poetisa...

Os vendavais de nossa infância não nos assustavam porque nos sentíamos fortes e plenas como a própria natureza... Quando crescemos, os vendavais se tornam devastadores, principalmente os vendavais interiores...
Maravilhoso teu Blog!
Abraços!

Misturação - Ana Karla disse...

Encantada Néia
Boa semana de paz
Xeros

Camila Monteiro disse...

As tempestades de meninice era rápidos e chegam a dar saudades hj!