13 de nov de 2013

À deriva





Quando uma dor, insistente e profunda,
ficar por dias seguidos cavando um vazio,
então o seu coração, como um frágil barquinho de papel
estará inteiramente à deriva nas águas da vida.









Direitos Reservados

7 comentários:

✿ chica disse...

Lindo, profundo pensar!beijos,ótimo dia!chica

Camila Monteiro disse...

Uau! Arrasou nessa hein!

Sabe o que eu ando com saudades? Daqueles teus causos muito lindos e malucos de quando era criança!

Beijos!

jair machado rodrigues disse...

Bom Dia Néia, acho que fico sempre esperando por tuas postagens rs...tenho colhido tantas idéias, possibilidades e isso me encanta aqui...quem dera minhas dores, até a de amores colocá-las num barquinho de papel para irem à deriva, pra que eu pudesse respirar, viver, reinventar (divaguei rs).
ps. Meu carinho meu respeito minha admiração e meu abraço.

Sotnas disse...

Olá prezada Néia, e que tudo esteja bem!

Encantador e confortante este teu espaço, e sempre que por cá apareço me encanta teus belos e sensíveis pensamentos, que eu agradeço por você compartilhar, além das belas e bem escolhidas imagens também!
E assim seguimos vivendo e aprendendo, e sempre não se permitindo repetir os maléficos erros que nos causam tanto sofrer!
Agradecido por tuas visitas e comentários sempre tão gentis, e por tua amizade em compartilhar tão belos pensamentos eu desejo que seja sempre tão intenso e feliz o teu viver, um grande abraço e até mais!

Luria Corrêa disse...

Sorte a dos náufragos, que encontrados, têm ao menos a história resgatada e os sentimentos reconstruídos, ainda que para sempre perdidos nas profundezas da confusão que sempre leva à mudar, curar a solidão consigo mesmo.

Abraço.

Maria Célia disse...

Oi Néia
É tem razão, é assim mesmo que nos sentimos nesta situação.
Beijo

Clau disse...

Oi Néia,
é tão triste quando isso acontece...
mas não deveríamos deixar nosso coração à deriva,pois isso nos afasta da felicidade.
Bjs!

P.S.:Que seu Natal seja um verdadeiro milagre de alegrias ao lado de seus familiares e amigos.
Boas Festas!