22 de dez de 2013

Até o ano que vem!



      A intenção deste texto, a princípio, era desejar aos amigos um Feliz Natal. No entanto, essas duas palavras, por esses dias, ficaram martelando o meu pensamento, tão fácil dizê-las aleatoriamente e tão difícil colocá-las em prática, afinal essa data não vem recheada de alegria para todos, fazer algo para que isso aconteça é sempre preciso.
      Doações, visitas e outras atitudes são dignas, mas penso que o nosso jeito de viver, o cuidado com o falar, o respeito no dia a dia são tão importantes quanto.
     Que o Natal e o Ano Novo sejam de consciência tranquila, um espírito solidário tenhamos todos os dias.





Direitos Reservados

19 de dez de 2013

Cataratas do Iguaçu

                                                          Foto: Néia Lambert


Depois de quase 30 anos foi muito bom voltar nesse lugar,
um show que a natureza proporciona no meu Estado, Paraná.



Direitos Reservados

14 de dez de 2013







Dentre as coisas que não posso explicar, apenas intuir
está o gosto em perder o olhar, demoradamente,
nas encantadoras ilustrações dos contos de fadas.
Será que eu não cresci?
Ou somente nelas encontro um lugar
onde tudo pode ter um final feliz?









Direitos Reservados

10 de dez de 2013

Irritante


Amo ser chamada de querida,
menos pela vendedora que mal me conhece,
porém insiste em repetir, irritantemente, o tal adjetivo
a cada três palavras ditas.





Direitos Reservados

6 de dez de 2013

Comovente






Tem sempre algo de comovente
no semblante de quem,
com o coração, reza.






Direitos Reservados

3 de dez de 2013

O canto da cigarra



Hoje, às nove horas e quarenta e sete minutos,
ouvi pela primeira vez neste fim de ano
uma cigarra emitindo seu canto estridente.
Vem anunciando, certamente, a nova fase que na sua vida vai começando
e quem sabe, um convite a quem quiser ou precisar
ir nesse embalo também.






Direitos Reservados