5 de mar de 2014

Penitência


Cada pessoa tem uma forma de viver um tempo de penitência,
nada contra a decisão de abster-se de alguns alimentos ou regalos,
no entanto, dedicar-se à caridade, fazer algo mais à comunidade,
conter as lamentações e ser um esteio nos momentos difíceis,
certamente, serão atitudes por Deus muito apreciadas.



Direitos Reservados

8 comentários:

✿ chica disse...

Acredito que toda forma de penitência vale, ainda mais ,se não alardeada! beijos, sempre bom te ler! chica

Misturação - Ana Karla disse...

Sem dúvidas Néia, as atitudes falam mais.
Xeros

Vivian disse...

Bem assim!!!!E que perdure o ano todo, né?!

Sempre lindo aqui, Néia!!!
Saudades imensas!!
Que esteja tudo bem por aí!

Beijos e meu carinho!!

Maria Célia disse...

Oi Néia
Verdade, acho que Deus quer de nós muito mais do que deixar de comer coisas que gostamos muito, como forma de sacrifício ou expiação de nossas faltas ou pecados.
Beijo.

Camila Monteiro disse...

Gostei, ao invés de jejum poderíamos praticar mais caridades. Purifica a alma e ajuda ao próximo.

beijao

BIA disse...

O mundo seria muito melhor se todos tivessem esta consciência Néia!!!
Bjs :)

Mônica disse...

Neia.
Papai nunca me deixou fazer penitencia. Dizia que eu era muito magrinha. Mas este ano resolvi fazer para o bem de meus sobrinhso que estao iniciando vida nova de futuros medicos e advogados.
E também porque estou gordinha e refrigerante eu gosto muito, mas um suco é bem mais saboroso!
Com carinho Quinquinha.

Lúcia Soares disse...

Abstermos-nos, principalmente, de alardear...
"Que sua mão direita não saiba o que faz a esquerda". (ou vice-versa, não me lembro agora).