28 de jan de 2014

Em paz



Para o descanso do corpo e da mente nada melhor
que um local aprazível onde se possa esquecer
as exigências do dia a dia,
nem mesmo sentir o tempo passar.



Direitos Reservados

24 de jan de 2014

Sou do dia


Apesar do charme invencível da lua sou apaixonada pelo dia,
esse turno onde tenho a confortável sensação
de estar sempre trilhando terreno conhecido.
E o amanhecer, com sol ou chuva, tem o poder de carregar as minhas energias.
Da noite não exijo mais que um sono tranquilo
e um merecido descanso das pequenas rotinas da vida.


Direitos Reservados

19 de jan de 2014

Doces lembranças






Das doces lembranças da infância vivida numa área rural
ficaram, principalmente, o despertar com o barulho dos galhos da goiabeira
que se alongavam sobre o telhado da casa e, consequentemente,
o delicioso odor que as flores e frutos emanavam.




Direitos Reservados

14 de jan de 2014

Valer a pena



Se entre o outrora e o agora
houver, pelo menos, uma linda história para contar
já valeu a pena, até então, ter vivido.




Direitos Reservados

10 de jan de 2014

Instinto


Luto contra o instinto de ficar reparando
em imagens da natureza, mas não tem jeito.
A simplicidade, a beleza sem vaidade
e o silêncio sublime
preenchem vazios, acalmam o coração.



Direitos Reservados

6 de jan de 2014

Calor


Manhã quente e abafada,
em meio às folhas estáticas
o bem-te-vi i aguarda, preguiçosamente,
a chuva que, ultimamente, só vem no fim da tarde.





Direitos Reservados

1 de jan de 2014

Amor próprio


Ter gosto pela vida;
cultivar agradáveis perspectivas;
filtrar companhias, lembrando que a própria deve ser
a mais prazerosa e destemida;
fortalecer a fé que ampara nos momentos de dor
e faz suportar o sentimento gelado da decepção;
desejar apenas o suficiente para viver com dignidade,
jamais cair no austero e competitivo consumismo.
Esses detalhes ou metas levam cada um
a gostar um pouquinho mais de si mesmo.


Feliz 2014!










Direitos Reservados