16 de jan de 2016

Amanhecendo




Com o sol chegando tímido vou pedalando,
o cheiro de café fresquinho vem de cada canto,
alguns estão acordando, eu já vou longe.
Botecos vazios, lojas com as portas ainda cerradas
lembram que o dia está só iniciando.
Somente os idosos estão na lida,
varrem a calçada como a primeira tarefa do dia, talvez a única.
Nas esquinas viro sem olhar, não é preciso dar sinal,
por enquanto a rua é só minha.
Na cidadezinha repito o trajeto algumas vezes,
há sempre algo diferente a ser visto,
apuro os ouvidos, ora um sabiá, ora um bem-te-vi
cantam me dizendo: bom dia!







Direitos Reservados

4 comentários:

Maria Célia disse...

Olá Néia
Olha, já vi esta cena acontecer antes, mas precisamente comigo, quando saio cedo na minha bicicleta, é deste jeitinho.
Beijo

ONG ALERTA disse...

Bom dia que cada dia seja iluminado Bjbj Lisette.

Artesanato de Luxo disse...

muito legal o seu blog

Chique de Bonita disse...

passei pra fazer uma visita